Anúncios
está a ler...
Segurança

Bala Perdida

Em 2008, mais precisamente a 11 de agosto, na sequência de uma perseguição policial a um assaltante que se fazia acompanhar de um filho de 13 anos, Hugo Hernano, militar da Guarda nacional Republicana terá morto o jovem devido a disparos efetuados para a carrinha onde ele e o pai se faziam transportar.

A partir daí iniciou-se uma batalha judicial amplamente divulgada pela comunicação social que começou no Tribunal de Loures, passou pelo Tribunal da Relação de Lisboa, desembocou no Supremo Tribunal de Justiça e que ainda pode ir parar ao Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

Hugo Hernano, em parceria com Rosa Ramos, decidiu passar a escrito a história desta perseguição e os desenvolvimentos subsequentes, tendo daí resultado um livro intitulado “Bala Perdida – O relato na primeira pessoa de uma perseguição fatal”, com prefácio do ex-ministro da Administração Interna, Rui Pereira.

Neste livro, Hugo Hernano, na primeira pessoa, “apresenta a sua visão dos factos sobre um caso que não deixa ninguém indiferente

J.M.Ferreira

Anúncios

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Anúncios

WOOK

%d bloggers like this: