Anúncios
está a ler...
Segurança

Ameaça terrorista

I

Na sequência dos últimos atentados ocorridos em Paris, o então ministro dos Negócios Estrangeiros afirmou que foram tomadas as medidas necessárias devido ao problema de risco geral, pois ninguém está imune a este tipo de ataques.

Nessa altura, Rui Pereira, há muito com especiais ligações a esta área, referiu que o «nosso país “não pode de maneira nenhuma descurar a ameaça de um atentado” devido às “suas alianças, incluindo a Organização do Tratado Atlântico Norte”. No entanto, o antigo ministro da Administração Interna considerou que o terrorismo “não pode impor uma lógica de coação”, não podendo os Estados ocidentais “ser paralisados pelo medo”».

A contrastar com estas duas posições, Arnaldo de Matos, “o grande educador da classe operária, emergiu das profundezas do MRPP para defender o Daesh e atacar o imperialismo moribundo, pois «os atentados de Paris foram “um ato legítimo de guerra”, cometidos por “combatentes dos povos explorados e oprimidos pelo imperialismo, nomeadamente francês”».

II

Entretanto ficámos a saber, através da imprensa que as autoridades portuguesas estarão “em alerta, depois de terem recebido informações da Interpol e da polícia espanhola sobre a presença de três jhiadistas franceses em território nacional, havendo a possibilidade de um deles ser um dos cabecilhas dos atentados terroristas de Paris, por isso as forças e serviços de segurança estarão em campo, conjuntamente com os serviços de informações.

A este propósito, mais uma vez, Rui Pereira, defendeu que é preciso estar atento, mas sem alarmismos na população, tendo a Polícia Judiciária (PJ) vindo a terreiro, através de um comunicado, esclarecer que os alertas atrás referidos “constituem uma prática habitual que decorre da permanente partilha de informações, no âmbito da cooperação policial na União Europeia, tendente à materialização de ações coordenadas e eficazes dos serviços e forças de segurança. Não há quaisquer razões para alarme e o nível de ameaça terrorista em Portugal mantém-se inalterado”.

III

Decorre neste momento o julgamento de Gima Her Calunga, detido no aeroporto de Lisboa devido a suspeitas de ligação ao Daesh. Este cidadão angolano de nacionalidade holandesa, segundo a investigação levada a cabo pela PJ (órgão de polícia criminal com competência reservada neste domínio),  terá sido treinado por um comando suicida” na Síria, regressando “à Europa com o objetivo de cometer um atentado”.

Além disso, não se pode deixar de referir que estão nas fileiras do Daesh diversos combatentes com ligações diretas e indiretas a Portugal, bem como têm aparecido várias alusões na imprensa a uma pretensa apetência por parte desta organização em relação a uma imensa área geográfica onde se inclui a Península Ibérica. O que se deve ao seu projecto de edificar uma nação que recrie o Califado de Bagdade, alterando dessa forma as actuais fronteiras do Médio Oriente.

IV

Daqui resulta que Portugal não está imune ao terrorismo, embora não o seja de uma forma específica. Daí todo um conjunto de medidas que têm vindo a ser tomadas, sendo de extremamente importante que a arquitetura do sistema funcione plenamente num espetro que vai desde a prevenção até à resposta, pondo-se de lado, de uma vez por todas, os “interesses de confraria”, sem tibiezas, vacilações, desvarios ou aproveitamentos político-partidários.

Depois, sem por em causa o direito à informação (informar e ser informado), deve-se ter algum cuidado na divulgação de notícias relacionadas com esta temática, podendo-se criar um nível de alarmismo desnecessário quando o que mais se precisa em situações desta índole é de prontidão, discernimento e serenidade, dado que por definição o terrorismo é uma forma instrumental de impor o medo sobre um povo, um governo ou um Estado através de atos de violência física ou psicológica sobre alvos indiscriminados.

L. M. Cabeço

Anúncios

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Anúncios

WOOK

%d bloggers like this: