está a ler...
Defesa, Relações Internacionais, Segurança

Do Fim da Guerra Fria a Trump e à Covid-19

Da autoria de Carlos Branco, foi recentemente lançada uma obra intitulada “Do Fim da Guerra Fria a Trump e à Covid-19”.Wook.pt - Do Fim da Guerra Fria a Trump e à Covid-19

Na sua apresentação menciona-se que “o declínio da ordem liberal internacional e da supremacia norte-americana teve início há cerca de duas décadas, e está a provocar uma enorme turbulência no seio das elites norte-americanas, as quais reconhecem esse declínio, mas não sabem como o inverter. Não têm soluções, e insistem teimosamente nas fórmulas que conduziram ao seu desvanecimento, sem perceberem a necessidade de uma nova estratégia que corrija os erros”.

“O surgimento da pandemia provocada pela Covid-19 veio aumentar a complexidade das respostas. A ascensão da China na hierarquia da Ordem criou insegurança, preocupação e sobressalto em Washington. Essa tremenda inquietude tornou-se responsável por uma postura confrontacional de resultados imprevisíveis. A Europa, no meio deste confronto de titãs, procura encontrar um espaço que se afigura incerto, dadas as dificuldades em superar as suas contradições internas”.

Carlos Branco é Major-General do Exército português na situação de reserva. Tem uma vasta experiência em assuntos político-militares e relações internacionais granjeada em cerca de 10 anos ao serviço de diversas organizações internacionais. Das múltiplas funções que desempenhou ao longo de 40 anos de carreira destaca-se a de Diretor da Divisão de Cooperação e Segurança Regional, do Estado-Maior Militar Internacional da NATO, em Bruxelas, qualidade em que foi responsável pelo planeamento estratégico da cooperação militar da NATO com a Rússia, Ucrânia e Geórgia, e com os países da Europa de Leste, Cáucaso e Ásia Central. Como oficial-general foi ainda porta-voz do Comandante da Força da NATO no Afeganistão, e responsável pela sua Comunicação Estratégica. É investigador do IPRI e investigador Associado do IDN

Segundo Carlos Matos Gomes, este livro é um desafio às nossas falsas ingenuidades, à nossa voluntária cegueira”.

Manuel Ferreira dos Santos

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

WOOK

%d bloggers like this: