Anúncios
está a ler...
Ciências Forenses

Base de dados de ADN – Colóquio

Em 2008[1], depois de sucessivos avanços e recuos, foi criada em Portugal uma base de dados de perfis de BDADNADN (ácido desoxirribonucleico) para fins exclusivos de identificação e investigação criminal, a informação obtida a partir dos perfis de ADN ser comunicada para fins de investigação científica ou de estatística, após anonimização irreversível.

Para discutir algumas das soluções normativas adotadas, à luz dos resultadosgráfico bdadn obtidos, da experiência acumulada e da reflexão que foi sendo feita por académicos, magistrados, profissionais da investigação criminal e entidades públicas, ir-se-á realizar no dia 27 de março de 2015, às 9h00, no Auditório do Novo Edifício da Assembleia da República, um colóquio subordinado ao tema “A LEI 5/2008, DE 12 DE FEVEREIRO, QUE APROVOU A CRIAÇÃO DA BASE DE DADOS DE PERFIS DE ADN, E A INVESTIGAÇÃO CRIMINAL – BALANÇO E PERSPETIVAS”.

De 12 de fevereiro de 2010 (início do seu funcionamento) a 12 de fevereiro de 2015 foram inseridos nesta base de dados 5393 perfis, podendo os dados ser consultados de forma mais pormenorizada na página do respetivo Conselho de Fiscalização.

Pedro Murta Castro

[1] Lei n.º 5/2008, de 12 de fevereiro.

Anúncios

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Anúncios

WOOK

%d bloggers like this: