Anúncios
está a ler...
Segurança, Defesa, Cibersegurança

Gestão de Informações e Segurança

A cultura de Informações é a designação dada ao movimento de aproximação dos Serviços de Informações à sociedade com o objetivo de sensibilizar os cidadãos para a importância da salvaguarda dos interesses de cada Estado e para o importante papel que, nesta sede, é desempenhado pelos Serviços, mas também por cada cidadão.

Nesta linha, está aberta a fase de candidaturas para a pós-graduação em “Gestão de Informações e Segurança“, desenvolvida no âmbito de uma parceria entre o Instituto da Defesa Nacional (IDN), o Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação da Universidade Nova de Lisboa (ISEGI-UNL) e o Sistema de Informações da República Portuguesa (SIRP).

As candidaturas são submetidas online no Portal de Candidaturas da NOVA IMS até 30 de novembro de 2017, onde os interessados têm de preencher o formulário disponível, bem como fazer o “upload” do seu Curriculum Vitae.

Esta pós-graduação dirige-se a profissionais com funções nas áreas das informações e segurança, elementos das forças e serviços de segurança, militares, gestores e técnicos da administração pública nas áreas de suporte à tomada de decisão e competitive intelligencetendo como objetivos principais:

  • Obtenção de capacidades de compreensão sobre as diversas fases do ciclo de produção de Informações;
  • Compreensão, análise e investigação do(s) processo(s) de Globalização;
  • Demonstração de conhecimento de inteligência e recolha de informações e técnicas de análise de dados;
  • Promoção de capacidades de apoio à decisão potenciadas pela utilização de processos de gestão do conhecimento, Inteligência Competitiva e de Negócio;
  • Compreensão do papel da inteligência estratégica no apoio à tomada de decisão.

O Plano de Estudos é constituído por 8 Unidades Curriculares, num total de 60 ECTS:

  • Globalização e Riscos de Segurança;
  • Serviços de Informações em Portugal;
  • Serviços de Informações e Regimes Políticos;
  • Social Network Intelligence;
  • Dinâmicas Regionais de Segurança e Defesa;
  • Inteligência Económica e Competitiva;
  • Metodologia e Técnicas de Análise e de Prospetiva;
  • Técnicas Analíticas Estruturadas para Análise de Informações.

Um contributo para aprofundar um “conhecimento que contribui para a garantia da identidade nacional, da integridade territorial, da soberania e da segurança nacionais, significando conhecimento profundo completo e abrangente”[1].

J.M.Ferreira

__________________________

[1] Rodrigues, Joaquim Chito, Para Uma Cultura de Intelligence em Portugal, Revista NOVA CIDADANIA, Julho/Setembro 2006, Lisboa, p. 22 e s.

Anúncios

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Anúncios

WOOK

%d bloggers like this: