Anúncios
está a ler...
Segurança

Relatório Anual de Segurança Privada – 2016

O Conselho de Segurança Privada (CSP) é um órgão de consulta do membro do Governo responsável pela área da administração interna, o qual tem diversas competências, nomeadamente elaborar um relatório anual sobre a atividade de segurança privada.

Neste âmbito, o CSP elaborou o relatório anual de 2016, onde se traça um panorama geral da atividade, identificando as questões que merecem mais atenção no futuro, concluindo-se que:

  • Em 2016, a atividade de segurança privada em Portugal consolidou-se, após um período de forte adaptação ao novo regime jurídico introduzido pela Lei n.º 34/2013 de 16 de maio e, da sua regulamentação através de legislação suplementar;
  • Observou-se uma regularização do período de emissão dos certificados e cartões profissionais habilitantes e imprescindíveis ao exercício da atividade no campo da atividade da segurança privada;
  • Assistiu-se a um incremento perspicaz da efetividade da atuação fiscalizadora no âmbito da segurança privada, quer a entidades quer ao pessoal de vigilância;
  • Constatou-se a necessidade de adaptação e inovação de métodos de apuramento de informação relevante, quer nas fases de fiscalização quer de instrução de processos, apoiados na interseção de informação, de modo a que seja possível às forças de segurança praticar uma maior prevenção, bem como a deteção e repressão de ilícitos contraordenacionais e criminais;
  • Foram desenvolvidas um conjunto de ações de fiscalização, as quais mereceram extensa cobertura mediática;
  • Continuaram as diferentes reuniões, projetos e trabalhos desenvolvidos entre as diversas entidades que detém competências inspetivas.

Por fim, é de referir que a 31 de dezembro de 2016, a categoria de pessoal de vigilância compreendia um total de 55.746 cidadãos detentores de cartão válido, dos quais 37.643 detinham vínculo laboral ativo e 18.103 não apresentavam qualquer tipo de vínculo laboral. Conforme transparece do número de operacionais do sector, a segurança privada assume um papel cada vez mais importante, atuando em múltiplas vertentes (e.g. vigilância de espaços comerciais, desportivos, a segurança de áreas portuárias e aeroportuárias, a segurança de pessoas).

Sousa dos Santos

Anúncios

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Anúncios

WOOK

%d bloggers like this: