está a ler...
Defesa Nacional, Forças Armadas

Forças Armadas – a fuga das fileiras

Um destes dias o país acorda e não tem praças nas Forças Armadas. Ao que conta desde o início do ano até setembro saíram das fileiras 1220 militares, o que se deve sobretudo ao baixoWook.pt - Pensar a Defesa Nacional, Pensar as Forças Armadas nível remuneratório desta categoria que se destina ao exercício, sob orientação, de funções de natureza executiva e ao desenvolvimento de atividades de âmbito técnico e administrativo, próprias dos respetivos quadros especiais e postos.

Em declarações prestadas à TSF, o «presidente da AOFA defende que estamos a assistir à morte “deliberada” das Forças Armadas fruto de salários baixos que facilmente são ultrapassados noutros empregos no Estado (por exemplo na GNR e PSP) ou no privado, sobretudo numa altura de crescimento económico».

Portanto, se queremos continuar a ter Forças Armadas credíveis, porque elas não existem sem praças, as alternativas não são muitas. A primeira delas passa pela profissionalização efetiva desta categoria, com a constituição de um quadro permanente análogo ao que existe na Marinha, na Guarda Nacional Republicana para a categoria de Guardas e na Polícia de Segurança Pública para os Agentes, e além disso o vencimento terá de sofrer um aumento significativo. A outra passará pela reintrodução do Serviço Militar Obrigatório.

Caso contrário, apenas restarão os oficiais e os sargentos cujo futuro também não se perspetiva muito risonho.

Sousa dos Santos

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

WOOK

%d bloggers like this: