está a ler...
Saúde, Segurança

Epidemias e pandemias

O surgimento de epidemias e pandemias (surtos de doenças de natureza e localização disseminada) está intimamente associado a “atividades que aumentam o contacto direto entre pessoas e animais” mercê da “excessiva desflorestação, a expansão descontrolada da agricultura, a agricultura intensiva, a extração de minerais e o desenvolvimento de infraestruturas, assim como a exploração de espécies selvagens”, bem patente no surto do vírus de Marburgo [1] que surgiu recentemente no Gana.

Como escreveu David Quammen[2], “invadimos florestas tropicais e outras paisagens selvagens que abrigam imensas espécies de animais e plantas – e dentro desses seres imensos vírus desconhecidos. Derrubamos as árvores; matamos os animais ou engaiolamo-los e enviamo-los para os mercados. Destruímos os ecossistemas e libertamos os vírus dos seus hospedeiros naturais. Quando isso acontece, eles precisam de um novo hospedeiro. Muitas vezes somos nós”.

Em torno desta temática, achámos oportuno divulgar duas obras: Wook.pt - As Leis do Contágio

  1. As leis do contágio –  Adam Kucharski. Refere-se na sua apresentação que “vivemos num mundo mais interligado do que nunca. As nossas existências são moldadas por surtos – de doenças, desinformação e até de violência – que surgem, se espalham e se desvanecem a uma velocidade espantosa. Para os compreender, precisamos de aprender as leis ocultas que os governam. Dos «superdisseminadores», os que podem desencadear uma pandemia ou derrubar um sistema financeiro, à dinâmica social que faz da solidão um sentimento popular. As Leis do Contágio oferece-nos revelações convincentes sobre o comportamento humano e explica como podemos melhorar a nossa previsão do que vai acontecer a seguir, esclarecendo ainda porque é que as previsões mais úteis não são necessariamente as que se tornam realidade”. 
  2. Como prevenir a próxima pandemia – Bill Gates. O autor “neste livro expõe de forma clara eWook.pt - Como prevenir a próxima pandemia convincente o que o mundo deveria ter aprendido com a COVID-19 e o que todos nós podemos fazer para evitar outro desastre como este. Apoiado no conhecimento partilhado pelos maiores especialistas mundiais e na sua própria experiência no combate a doenças fatais através da Fundação Gates, explica o funcionamento das doenças provocadas pelos coronavírus e mostra como as nações do mundo, trabalhando juntas e cooperando com o setor privado, podem não só evitar outra catástrofe semelhante à COVID, mas também eliminar todas as doenças respiratórias, incluindo a gripe”.

Para terminar, e como por “artes mágicas” os números da pandemia de Covid-19 quase desapareceram dos radares da comunicação social, relembramos que em Portugal, até este momento, o número de vítimas mortais cifra-se em 24.420

Pedro Murta Castro 

______________________

[1] Para mais informações, consultar https://www.cdc.gov/vhf/marburg/. Em 2005 devido a um surto ocorrido na província do Uíge em Angola, a Direção Geral de Saúde, mercê das relações de proximidade que mantemos com este país, elaborou um folheto informativo sobre o assunto.

[2] QUAMMEN, David, Contágio, Objetiva, Lisboa, 2020, p. 20.

[3] Para visão panorâmica deste assunto recomendamos ainda a leitura de uma obra da autoria de Frank M. Snowden, intitulada Epidemias e Sociedade – Da Peste Negra ao Presente.

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

WOOK

%d bloggers like this: