Anúncios
está a ler...
Segurança

Forças de Segurança – sindicatos e “les uns et les autres”

Não podia deixar passar em branco a recente tomada de posição do presidente do Sindicato Nacional de Oficiais de Polícia relativamente a duas questões.

policiaA primeira delas prende-se com o excessivo número de sindicatos e de sindicalistas naquela força de segurança. Normalmente, a proliferação das organizações sindicais está relacionada com a ausência da defesa dos interesses dos visados por parte da cúpula, ou ainda, numa fase subsequente pelos sindicatos ou associações profissionais que entretanto vão brotando. Daí que até os próprios oficiais de polícia se tenham visto na contingência de criar o seu próprio sindicato. Além de tudo mais, os sindicatos existem, com os contornos atuais, porque a legislação em vigor assim o permite

Depois, o presidente deste sindicato tece alguns considerandos sobre a temática dos oficiais que não são originários do Instituto Superior de Ciências Policiais e de Segurança Interna (ISCPSI). Ou seja, até há uns anos era permitido a ascensão à categoria de oficial de polícia aos chefes, para tal frequentavam um curso de duração inferior àqueles que ingressavam diretamente no ISCPSI  sem que tivessem passado pelos quadros da polícia.  Posteriormente vedou-se essa hipótese, resultando daí problemas de progressão na carreira e compatibilização com os oficiais originários do citado instituto.

Compreendo perfeitamente e até louvo a intransigência na defesa dos interesses dos oficiais de polícia (de alguns) pelo presidente do sindicato, mas temos que analisar a organização no seu todo. Será que esta não ficaria a ganhar com a ascensão aos quadros superiores dos melhores  chefes (mais experientes e mais habilitados)?

Afigura-se-me que sim. Também já tive opinião diversa que os cabelos grisalhos se encarregaram de afastar.  Outras organizações não desbaratariam as mais-valias destes quadros, as quais decorrem sobretudo da experiência e da formação que entretanto foram adquirindo. Os exemplos, ao contrário do que possa parecer, até nem são assim tão escassos. No nosso país, nem a Armada nem a Força Aérea optam pelo seu desperdício. No estrangeiro também há organizações que enveredam por um caminho similar a estes dois ramos das Forças Armadas, designadamente:

Já a Guarda Nacional Republicana, num plano meramente  formal trata desta questão no Estatuto do Militar da Guarda, mas materialmente tudo permanece no limbo, ao contrário do que sucede com as suas congéneres Guardia Civil e Gendarmerie Nationale.

Embora por vezes custe a admitir, nem todo o conhecimento resulta do “universitar” é necessário verter na realidade a aplicação prática do adequado conhecimento adquirido, o qual só em complemento duma efetiva experiência, realizará as finalidades que se visam plenamente prosseguir. Aliás, o conhecimento tenderá a tornar-se estéril se não for exercitado na realidade, sendo certo que esta sempre evidenciará uma maior e mais rápida dinâmica exigindo permanentemente novas abordagens.

Estou convicto de que a defesa dos interesses dos oficiais de polícia em nada fica reduzida ou ofendida, face à existência de um outro universo de profissionais a quem é facultada a prerrogativa (mediante a frequência de formação legalmente estabelecida) de ascender à carreira, constituindo uns e outros, uma mais-valia dentro da mesma força que só ganhará em estar unida e coesa para melhor defesa dos interesses que são comuns, e acima para garantir uma melhor satisfação das permanentes necessidades de segurança do cidadão comum.

J.M.Ferreira

Anúncios

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Anúncios

WOOK

%d bloggers like this: