Anúncios
está a ler...
Segurança, Justiça

Afinação da “máquina prisional”

Resultado de imagem para prisõesA questão das prisões, por motivos diversos (e.g. fugas, instalações degradadas, suicídios, violência, corrupção, falta de guardas, excesso de lotação, assistência médica) salta com alguma frequência para a imprensa.

Desta vez foi um relatório, onde se dá conta de falhas graves no acesso às cadeias por parte dos funcionários, não se procedendo à “verificação minuciosa dos pertences que cada trabalhador carrega” (sem passagem pela máquina de raios-x), o que tem permitido a introdução de  bens proibidos, nomeadamente telemóveis, objetos suscetíveis de serem utilizados em agressões e na preparação de fugas, e drogas. Na sequência da prática destes ilícitos, entre 2014 e 2016, foram expulsos nove guardas prisionais, o que indicia que a “máquina prisional precisa de ser afinada”.

Há que ter coragem de identificar os problemas e tratá-los quanto antes, para evitar nas prisões situações embaraçosas e trágicas que podem enfileirar com as de Pedrogão Grande e Tancos, designadamente um arremedo do Primeiro Comando da Capital e do seu “modus operandi”.

O pós-crise não justifica tudo, designadamente a inércia em matérias desta natureza.

L.M.Cabeço

Anúncios

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Anúncios

WOOK

%d bloggers like this: