Anúncios
está a ler...
Catástrofes, Proteção Civil, Segurança

Depois de casa arrombada trancas à porta

inc2O Sistema de Defesa da Floresta contra Incêndios refere-se ao período crítico como sendo aqueledurante o qual vigoram medidas e acções especiais de prevenção contra incêndios florestais, por força de circunstâncias meteorológicas excepcionais, sendo definido por portaria do Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas”.

Por norma, vigora entre 1 de julho e 30 de setembro, contudo anualmente é promulgada uma Portaria a determinar o período crítico.Este período coincide com a denominada Fase CHARLIE que consta do DECIF2017.

Este ano, depois de dezenas de vítimas mortais, de cerca de duas centenas de feridos e milhares de hectares de floresta ardida, lá se decidiu antecipar para dia 22 de junho o referido período crítico[1].

Espero que ao menos se tenha aprendido que a natureza não se compadece com a vontade o humana e como tal consegue-a contornar. Por isso, em função de diversas variáveis, sobretudo das condições meteorológicas (no site do IPMA as previsões apontavam alguns dias antes da catástrofe para temperaturas elevadas), os meios têm de estar prontos, porque os incêndios florestais deixaram de ter mês para eclodir, se é que alguma vez tiveram.

É caso para dizer que “depois de casa arrombada trancas à porta”.

Pedro Murta Castro

_______________________________________

[1] Portaria n.º 195/2017, de 22 de junho

Anúncios

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Anúncios

WOOK

%d bloggers like this: