Anúncios
está a ler...
Saúde, Segurança

Idosos – o elo mais fraco

Em regra, os cobardes, como são incapazes de se baterem de igual para igual, têm uma especial apetência pelos elos mais fracos da sociedade, nomeadamente os idosos. O Conselho da Europa considera como maus tratos a idosos “todo o ato ou omissão cometido contra uma pessoa idosa, no quadro da vida familiar ou institucional e que atenta contra a sua vida, a segurança económica, a integridade física e psíquica, a sua liberdade ou que comprometa, gravemente, o desenvolvimento da sua personalidade”. As consequências para os idosos são arrasadoras, incluindo a diminuição da qualidade de vida, o aumento dos níveis de stress, a sensação de insegurança e impotência, os problemas de saúde e o aumento da mortalidade e morbilidade.

Cerca de um em cada seis idosos foram vítimas de maus tratos no ano passado, podendo a taxa ser maior no que concerne às pessoas idosas que vivem em instituições do que na comunidade. Isto porque são, não raramente, considerados meros objetos descartáveis e como tal em vez de serem devidamente acompanhados são depositados em lares (alguns ilegais) cuja denominação varia em função da mensalidade a pagar, mais parecendo verdadeiros aterros para resíduos. Este problema tende a agravar-se, na medida em que muitos países estão a debater-se com o envelhecimento rápido das populações.

À semelhança do que aconteceu em relação à violência policial e em meio prisional[1], e à corrupção, também nesta matéria Portugal fica muito aquém do que seria desejável, pois um estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS) que envolveu 53 países coloca o nosso país no grupo dos cinco piores no tratamento aos mais velhos, com 39% dos idosos vítimas de violência[2]. Os órgãos de comunicação social vão dando nota de algumas situações, nomeadamente, roubos, burlas, ofensas à integridade física, maus tratos, homicídios. Daí o nosso apoio à criação de uma Comissão Nacional de Proteção de Idosos, ideia lançada por um grupo de magistrados que avançou com um projeto-piloto em Braga.

Por fim, em relação a esta temática, não poderia deixar de dar nota do livro de Maria Paula Ribeiro de Faria, Os Crimes Praticados Contra Idosos, referindo-se na apresentação que “os abusos cometidos contra as pessoas de idade podem ser os mais variados, mas normalmente envolvem a violação de um vínculo de confiança, e geram um impacto físico e psicológico muito grande na vítima, ficando frequentemente por esclarecer devido à dependência afectiva e económica da vítima em relação ao agressor, ao seu isolamento, ou simplesmente ao seu receio em demonstrar que perdeu o controlo sobre a própria vida”.

Sousa dos Santos

_____________________________________

[1]  Deputados alarmados com níveis de violência policial e nas prisões portuguesas, in DN

[2] Violence and Injury Prevention, in WHO.

 

Anúncios

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Anúncios

WOOK

Anúncios
%d bloggers like this: