está a ler...
Justiça, Segurança

Bairro da Jamaica – questões que exigem reflexão

Em definitivo o acontecimento que tem marcado as diversas agendas nos últimos dias é a intervenção da Polícia de Segurança Pública (PSP) no Bairro da Jamaica, no Seixal, as manifestações que se seguiram e um conjunto de atos de vandalismo que varreram os arredores de Lisboa, com particular incidência em Setúbal, Amadora, Sintra e Loures.

Desta feita, despertou-me a atenção um artigo do João Miguel Tavares no Público, onde se refere que «aquilo a que se chama “racismo” é uma mistura de cor da pele com pobreza». E, segundo ele, “essa pobreza não deriva do racismo – deriva, em primeiro lugar, da iliteracia, da desestruturação das famílias, da maternidade na adolescência”. Acrescentando que “se as mulheres negras de 40 anos estão a limpar as casas da classe média portuguesa, e se as suas filhas de 20 anos continuam a limpar exatamente as mesmas casas, então isso significa que o elevador social não está a funcionar para os afrodescendentes. E esse é um problema sério, que merece mais atenção e menos gritaria”.

Num outro artigo do Observador, Gabriel Mithá Ribeiro, escreve que “como se não bastasse, há ainda a ladainha da violência policial. Na utopia de vitimização das minorias oprimidas de matriz soviética que parasitou a civilização ocidental por via das esquerdas, a culpa está sempre naqueles que nunca podem desempenhar o papel de vítimas, pela cor de pele e agravada em certos grupos socioprofissionais, com destaque para os polícias. Estes podem ser desrespeitados, desautorizados, agredidos, humilhados, afetados por frustrações, depressões e suicídios, porém ainda lhes sobra espaço para serem sempre culpabilizados. À falta de melhor acusa-se do uso excessivo da força. Até dá a ideia de que lidam com anjos, não com seres humanos que têm sempre os instintos primários à flor da pele”.

Duas leituras aconselháveis para se ter uma visão de conjunto deste verdadeiro tsunami que tem varrido a sociedade portuguesa e que vão ao encontro de algumas ideias que já explanámos anteriormente.

L.M.Cabeço

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

WOOK

%d bloggers like this: